Eli Vieira
17 de agosto de 2017
Fabiana Guimarães
15 de agosto de 2017

Escritor, poeta, violonista, compositor e cantor em diversos estilos usa o pseudônimo artístico “Beto Mix do Recife”. Como referência nacional, representou duas vezes o Nordeste nos anos (2007) e (2014) no Distrito Federal onde participou do 24⁰ e 28⁰ Festival de Música Popular do Gama (cidade satélite de Brasília). Em 2013 como acadêmico do curso de Administração na faculdade Joaquim Nabuco em Paulista centro, participou do primeiro Festival Estudantil de Música Popular em Pernambuco onde cantou no Teatro Luiz Mendonça no Parque dona Lindu em Boa viagem Pernambuco representando a instituição acadêmica e o Município do Paulista. Participou de alguns festivais de Frevos de Recife. ” No ano de 2016 publicou o livro Reflexos de Minhas Canções se tornado Aspirante da Academia de Letras e Artes da cidade do Paulista (ALAP) sendo considerado pelo Amaro Poeta, um artista completo simbolizando a Imagem viva da ALAP. No ano de 2014 junto com sua esposa passou a empresariar a dupla de MCs AFALA E CASE que cantam no estilo tecnobrega , tecnofunk e outros ritmos diversificados cuidando da imagem dos artistas, divulgações, contratos e dos contatos Externos.

 ficará no espaço da pracinha do coreto na terça (12/09) de 15:00h-16:00h e na sexta (15/09) de 18:00h-19:00h